Aparelho Fotopolimerizador Ultradent

valo

A maioria dos materiais odontológicos utilizados para restaurações ou cimentações de dentes, como coroas ou facetas, são formados por resinas (cimentos resinos ou resinas).

Esses materiais são como massinhas de modelar, mas que para endurecer necessitam receber uma fonte de luz, de um tipo de aparelho que se chama fotopolimerizador.

Seria como se você preparasse um cimento para construir um prédio, mas que ao invés de esperar um tempo para o cimento endurecer você tivesse que aplicar uma luz forte.

Pense em uma situação em que se essa luz não fosse forte o suficiente para alcançar o interior do cimento, ou a quantidade de cimento estivesse muito espessa para aquela luz.

Ao aplicar a luz poderia se acreditar que o cimento estava resistente o suficiente, mas a sua parte interna poderia estar ainda mole, ou mesmo rígida, porém menos resistente, e ao longo do tempo a estrutura do prédio vir a ceder por conta dessa falha no endurecimento.

Quando um dentista realiza uma restauração, ele precisa fazer isso em camadas, para garantir que a luz que ele aplicar vai chegar até as partes mais profundas.

O aparelho utilizado, a posição que se aplica a luz, o local da restauração, vários fatores podem interferir no momento da restauração, e falhas no processo de endurecimento da resina acontecer, prejudicando a durabilidade do tratamento.

O aparelho Valo é o fotopolimerizador mais moderno da odontologia, enquanto a eficiência dos aparelhos mais próximos chega a 25%, o aparelho VALO chega a 65% ou mais.

Ele é mais potente e atinge melhor as camadas mais profundas, prevenindo possíveis falhas do profissional. Isso significa muito mais segurança no tratamento e maior durabilidade.

Além disso, necessita um menor tempo para a finalização da restauração, o que torna a consulta mais curta e agradável.

× Fale conosco pelo WhatsApp