Implantes imediatos são aqueles que são instalados logo após a extração dentária, não havendo a necessidade de espera de cicatrização pós extração, que é em média de 64 dias.

As vantagens dessa técnica são:

  • Reduz o número de procedimentos cirúrgicos
  • Reduz tempo total de tratamento
  • Ótimo aproveitamento do osso disponível

Quando a extração do dente é realizada, o processo de cicatrização vai ocorrendo, e com ele altera-se a anatomia da região devido a reabsorção óssea. Isso compromete os resultados e principalmente a estética.

Dentre as desvantagens de não se realizar um implante imediato encontram-se:

  • Maior tempo de tratamento
  • Procedimentos cirúrgicos coadjuvantes (enxertos) podem ser necessários
  • Menor quantidade óssea disponível
  • Estética desfavorável

Nem sempre é possível a realização de um implante imediato. É necessário que o profissional observe uma série de fatores:

  • Morfologia, quantidade e qualidade dos tecidos moles e ósseos;
  • Diferenças locais entre os sítios em diferentes áreas da cavidade bucal;
  • Presença de patologias locais;
  • Condição dos dentes adjacentes e das estruturas de suporte;
  • Tipo de prótese a ser instalada sobre o implante;
  • Morfologia alveolar desfavorável;
  • Quantidade de tecido mole insuficiente para a cobertura do implante;
  • Defeitos ósseos extensos;
  • Presença de grandes áreas de infecção;
  • Anquilose dentária;
  • Fratura da tábua óssea remanescente;
  • Lesão Peri apical;

× Fale conosco pelo WhatsApp