Dúvidas frequentes sobre Implantes

A falta de dentes pode me prejudicar?
Sim. A falta de um ou mais dentes leva ao desequilíbrio da mordida e da musculatura das regiões vizinhas, causando uma perda estética, com aspecto de envelhecimento, e principalmente causam problemas de mastigação e dores na região da articulação dos maxilares. Problemas gástricos e cardiovasculares também podem ter relação com os dentes.

Quanto custa o tratamento com Implante Dentário?
O custo depende da complexidade de cada caso, da quantidade de implantes instalados na cirurgia e na escolha dos materiais utilizados na confecção da prótese.

Apenas o nosso diretor clínico, Dr. Carlos Henrique, através de uma consulta e análise de seus exames complementares, como radiografias ou tomografias, poderá apresentar um plano de tratamento individualizado, e assim apresentar os custos do tratamento.

Mas sugerimos que entre em contato pelo telefone (18) 3171-7501, que nossas atendentes terão o maior prazer em esclarecer e agendar uma consulta.

Posso sofrer rejeição do implante dentário?
Não, o implante dentário é feito com titânio, um material biocompatível, portanto não é rejeitado pelo organismo.

O que pode acontecer em casos raros é o insucesso por falha na união do implante com o osso. Sendo nesse caso necessária a reinstalação de um novo implante.

A instalação do implante é dolorida?
Não, desde que o paciente siga as orientações do Cirurgião. Basicamente cuidados simples e remédios prescritos.

Todo o processo é realizado sob anestesia local e/ou sedação consciente. Nos primeiros dias pode ocorrer um pequeno inchaço por se tratar de um procedimento cirúrgico, porém é uma condição controlada com medicamentos que o dentista irá prescrever conforme a necessidade.

O desconforto varia de acordo com a extensão da cirurgia e do próprio organismo do paciente, mas não deve causar transtornos significativos.

Qual o tempo envolvido no tratamento com implante dental?
Na maioria dos procedimentos com implantes convencionais deve-se esperar cerca de 3 meses para a união do implante com o osso e assim realizar a confecção da prótese.

Há situações específicas em que a prótese pode ser instalada em até 48 horas após a cirurgia, e outras, em que há necessidade de enxertos, tornando o tratamento mais longo.

Posso fazer a prótese definitiva do implante no mesmo dia?
Sim, em determinados casos. Trata-se do implante de carga imediata. Nestas situações as condições são favoráveis para a instalação da prótese, que é confeccionada no mesmo dia da cirurgia.

O implante só é colocado após ter perdido o dente?
Não. Há situações que o dente é extraído e em seguida já é colocado o implante. Como em casos de fratura da raiz, em que o dente está comprometido.

Além disso, o dentista pode também optar por extrair dentes que estão com mobilidade devido à doença periodontal e em uma segunda etapa realizar o implante.

Quais os cuidados eu devo ter após finalizar o tratamento?
Geralmente não há restrições, mas o paciente deve se conscientizar de que cuidados são necessários até mesmo com dentes naturais.

De uma maneira geral, se a prótese sobre o implante quebrar, não há maiores dificuldades em substituir.

Como devo cuidar dos meus implantes?
Os cuidados são praticamente os mesmos que são realizados com os dentes naturais, através da escovação, fio dental e antissépticos bucais, conforme a orientação do seu dentista.

Para casos de prótese total, deve-se realizar uma higienização tanto da prótese como dos implantes. É importante a visita regular ao consultório odontológico para avaliações de rotina.

Quanto tempo devo ficar sem usar a prótese após a cirurgia?
Depende. O uso após a cirurgia varia de acordo com o tipo de prótese e da indicação do dentista, mas geralmente somente os pacientes que usam dentadura ou próteses parciais removíveis devem ficar cerca de quatro dias sem utilizá-la para não traumatizar a região operada.

× Fale conosco pelo WhatsApp